coloque aqui seu e-mail para receber as mensagens:

Meditação na empresa neozelandesa Fonterra

A Fonterra foi fundada na Nova Zelândia em 1880 e é uma cooperativa que reúne mais de 10.500 famílias daquele país. Atualmente, é a maior exportadora mundial de lácteos. Está no Brasil há 20 anos.

Em Junho de 2018, estive no escritório brasileiro da empresa, que fica na cidade de São Paulo. Convidado pela área de bem-estar, ação de saúde e segurança. (wellbeing/ health and safety).

Para explicar um pouco sobre as atuais descobertas da ciência no estudo do cérebro, e dos benefícios da meditação. Há muito material por aí sobre isso. Mas o que poucos dizem, é que essas pesquisas foram feitas com pessoas que meditam profundamente, e ao longo de muitos anos. E não é portanto, fazendo técnicas superficiais, que se alcançam os mesmos resultados.

Mindfulness, e outras técnicas populares, nesse mercado meio-saúde/ meio-espiritualidade, funcionam mais como um relaxamento. É muito bom relaxar, em uma sociedade estressada e densa como a de hoje. Mas isso que se chama, por estratégia mercadológica, de Mindfulness, e pode ser traduzido como Atenção Plena, está muito longe do que Siddhārtha Gautama, um dos grandes professores da meditação, chamava de Atenção Plena. Tem raiz no princípio Vipassana de auto observação desidentificada, mas, entre outras coisas importantes para uma prática consistente de meditação, não realiza os equilíbrios eletromagnéticos necessários para a liberação do canal da Sushumna.


Sim, até pode ser um começo. E relaxar é bom. Mas se você realmente quiser alcançar os benefícios para a saúde, física, mental e espiritual, que podem ser alcançados com a prática regular de meditação, vai precisar conhecer outras técnicas, mais aprofundadas. Lembrando que meditação é ciência, não religião. Existem religiões que incorporaram a meditação em suas práticas, porque o estado de interiorização e auto-conhecimento profundos alcançados pela meditação correta, são benéficos ao desenvolvimento espiritual, entre outras coisas. Mas é possível aprender meditação sem precisar se afiliar a nenhuma crença religiosa. Porque é, antes de tudo, uma metodologia científica que atinge resultados quantitativos verificáveis.

Nessa palestra também contei um pouco sobre a origem histórica da meditação, sobre o meu próprio processo de aprendizado, e fizemos algumas práticas básicas. 

Interessados em levar palestras como esta, a suas empresas ou instituições, entrem em contato através do e-mail yc@lightbreath.org

Sem comentários:

Enviar um comentário